Arquivo da tag: 1535

Início da colonização: 23 maio de 1535

Mais uma parada no Espírito Santo, aproveitando para comemorar 477 anos da colonização do solo espírito santense no dia 23 de maio!

Donatário da Capitania do ES

A história de Vila Velha começou na região da Prainha, onde Vasco Fernandes Coutinho, donatário da capitania do Espírito Santo, aportou no dia 23 de maio de 1535. Até 1549 Vila Velha era sede da capitania e era chamada de Vila do Espírito Santo, após a mudança da capital para Vitória, a cidade ganhou o nome atual.

A Prainha já passou por diversas modificações e desenvolvimento ao longo dos anos, hoje a região é um local que agrega grande parte da história da cidade de Vila Velha e tem vários atrativos turísticos, sem contar com os restaurantes e lojas da região que também contribuem para o clima agradável e acolhedor da Prainha.

Neste post vamos falar um pouco do Convento da Penha! Pessoalmente já visitei o Convento diversas vezes e a vista lá de cima continua a me encantar mesmo após 15 anos.

 

Em 1558, o Frei Pedro Palácios, devoto de Nossa Senhora da Penha, chegou na capitania do Espírito Santo e se instalou em uma gruta ali na região da Prainha. Segundo a lenda esse frei possuía um quadro de Nossa Senhora das Alegrias e por três vezes esse quadro desapareceu e apareceu no alto do morro. Devido a esse fato misterioso, o frei decidiu construir em devoção o Convento da Penha, no alto desse morro. Vale ressaltar que a Gruta onde Pedro Palácios morou é hoje um atrativo turístico da região e dentro abriga uma réplica do quadro de Nossa Senhora das Alegrias. 
 

A subida até o Convento pode ser feita de carro ou a pé. Muitas pessoas fazem o caminho à pé como promessa a santa padroeira do estado. O morro é revestido de mata atlântica, que pode ser contemplada durante a subida. A construção é cheia de detalhes históricos que enriquecem o local, porém o interior da Igreja do Convento é o espaço mais expressivo, ele é revestido, parcialmente com madeira em cedro, entalhada com motivos fitomorfos, executada pelo escultor português José Fernandes Pereira, nos anos de 1874 a 1879.

Igreja

A história do Convento tem muitos outros detalhes interessante, mas não dá para contar tudo aqui. Afinal, vale a pena visitar o Espírito Santo e conhecer essa construção magnífica de perto! Além de conhecer tudo sobre a história local. Aproveite para passar ali pelo entorno da Prainha e visitar diversos outros atrativos turísticos, como a Casa da Memória, que contém fotos antigas de Vila Velha de diferentes épocas. Nas próximas paradas a Estação Sudeste vai explorar mais essa região e dar dicas de restaurantes e outros locais ótimos para visitação!

Fique ligado, não durma no ponto, e até a próxima!

Etiquetado , , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: